sábado, 15 de janeiro de 2011

Histórias de amor duram apenas 90 minutos;

O título do post sugere um texto romântico e engraçadinho, mas o assunto aqui é outro, e ele se resume em duas palavras: Cinema Brasileiro.


"Um pintor que não pinta quadros, não é pintor, já um escritor que não escreve é um completo babaca."
Citação do Zeca, no filme: Histórias de amor duram apenas 90 minutos.

 Quando se fala em cinema brasileiro, o dito popular em geral fala: Só tem palavrão e sexo! E quando eu fui assistir ao filme quem tem o mesmo título do post, realmente, esses dois elementos foram os TT's do "Twitter" do filme. Logo a primeira cena já era uma de sexo, e foi a primeira realmente de muitas que se seguiram.
É um filme com narrador em primeira pessoa, bem intimista, do qual ele(Zeca) narra a sua breve história, e que história. Zeca é um escritor de 30 anos, casado, e frustrado com a sua profissão, pois apesar de ser talentoso nunca conseguiu passar da página 50 de um romance que começou à tempos. Um dia chega em casa e se depara com a porta trancada, e ao espiar por uma entrada de ar, vê sua mulher em atos ambíguos com outra mulher, e para o choque dele, descobre que sua mulher está o traindo, e com outra pessoa do mesmo sexo dela. O desenrolar do filme é todo baseado nesta descoberta,  e no fato dele não conseguir produzir o final do seu livro.
Sobre o filme em geral, achei-o interessante... mesmo achando que não foi realmente o melhor filme brasileiro que eu já assisiti. As cenas são bem feitas, a edição é supimpa, e os atores dão show. Algumas vezes até achava os devaneios do Zeca parecidos com os meus(sabendo claro, que era isso que o diretor queria ao fazer um narrador em 1° pessoa)... mas faltou algo no filme, bem como um final. Me chamem de atrasados o quanto quiserem, mas eu ainda sou adepto do final feliz, ou a um final bem trágico, bem trágico mesmo, daqueles que surgem lágrimas no olhos... mas um filme sem final... pra mim é mesmo que comer um trufa sem recheio, e este foi um... realmente algo decepcionante. Eu passei 90 minutos (só dura 90 minutos realmente) sentado pra ver a um filme que termina quase da mesma forma que começou? #DROGA
Mas aonde eu quero chegar é na qualidade do filme, no teor dele... Será que o cinema brasileiro só consegue fazer filmes adultos, com mais palavrões do que verbos, e cheio de cenas de sexo? (Salvo algumas excessões,claro!) Mesmo achando as cenas bonitas, tenho que confessar que é um golpe baixo para manter os telespectadores, principalmente nós homens, sempre atentos.
Quando é que eu vou alugar ou ir a um cinema ver um filme brasileiro e me deparar com uma comédia romântica alá A proposta? Será que eles tem medo de ousar em lançar algo com um teor adulto, mas não tão descarado?
O cinema brasileiro possui uma prosa, uma poesia, uma coisa realmente de dar inveja! Basta observar que quando vemos um filme sabemos logo que ele tem muito mais conteúdo do que é mostrado... e nós, ainda não aproveitamos essa imensa riqueza cultural... Que país é este?
Outro problema do nosso cinema, é que querendo ou não estamos atrasados alguns anos dos principais produtores de filmes do mundo... e se lá, ainda acontecem coisas do tipo: Drama vende mais, Sexo dá audiência, e atores bonitos são mais cotados... imagine do lado de cá do Atlântico.
Vou terminar esse post que nem uma dissertação... Com a esperança de que o cinema brasileiro melhore cada vez mais sua qualidade... e que 2011 seja repleto de filmes nacionais realmente BONS!
Pra quem quiser ficar atento nos lançamentos nacionais, basta clicar aqui para ver alguns.

3 comentários:

  1. Olá! No momento estou apenas te seguindo, mas prometo voltar e comentar em breve suas postagens!Agradeceria se seguisse o meu blog, assim criamos um vínculo que facilite a divulgação de ambos os blogs! passa lá?
    http://medicinepractises.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. oi vi seu blog através do da natacha (medicinepractises) e resolvi seguir... se quiser da uma olhada no meu, bjim!!

    ResponderExcluir
  3. Critica sem nenhum conhecimento, apenas o que outros blogueiros e a própria sinopse do filme induz... Mas, na verdade não havia <antes um triangulo amoroso, quer dizer, era apenas alucinações, ele não vê sexo algum entre a mulher dele com a amiga, tudo foi criado pela mente de escritor do mesmo, a ideia era mostrar que ele se achava incapaz de escrever, ou no caso terminar um 'romance', mas escreveu um, (o que foi narrado), o que na verdade foi realmente fictício, já que, ele quem se precipitou e fez a "armação" idiota e acabou com o sonho de consumo de qualquer homem aos 30, ter duas mulheres lindas, tudo, a não ser o "romance" dela a personagem dele, foi real, ele realmente traiu a mulher dele com a melhor amiga dela, mas elas em momento algum tiveram algum envolvimento sexual, a sinopse e trechos do filme apenas induz esta questão, mas, também mostra que elas foram afomentadas por ele mesmo, ele criou esta terceira história dentro do filme. Ele, teve relação com as duas, mas eles não tiveram entre si. E esta é a trama do filme, e quem não entendeu isto, não entendeu o filme. E creio que nem deveria opinar.

    ResponderExcluir